MicroStrategy oferece gratuitamente software para cursos de Business Intelligence em Universidades

 

No Brasil, a companhia firmou uma primeira parceria com a FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista.  A MicroStrategy continua selecionando novas universidades com o intuito de habilitá-las a  capacitar os seus alunos no uso da tecnologia de BI.

 

São Paulo, 15 de dezembro de 2008A MicroStrategy Incorporated (NASDAQ: MSTR), fornecedor líder mundial de software de business intelligence (BI), anuncia que está disponibilizando software de BI para as universidades, gratuitamente e com fins didáticos. A companhia está possibilitando também o acesso a material didático que pode ser adaptado para o nível do currículo da faculdade.

 A MicroStrategy fornece seu software para cursos de BI em inúmeras universidades nos EUA e Europa, incluindo a Universidade do Colorado Denver Business School, RWTH Aachen, Universidade de Bamberg, e HTWK Leipzig. No Brasil, uma primeira parceria foi estabelecida com a FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista, um dos mais modernos centros tecnológicos do país, que possui unidades na cidade de São Paulo, abrigando um total de 22 laboratórios de informática (um de hardware e dois específicos para redes de computadores, equipados com recursos de última geração e com acesso em banda larga à Internet). A universidade utilizará o BI MicroStrategy em seu curso superior de tecnologia em banco de dados e nos cursos de bacharelado em sistemas de informação e  em administração de empresas com ênfase em TI.

Segundo Celso Poderoso, coordenador de graduação tecnológica, o principal objetivo da parceria é fazer com que os alunos deixem a faculdade com uma visão prática de uma das mais importantes ferramentas de BI do mercado. “A expectativa maior é garantir uma formação consistente ao nosso aluno e a inserção no mercado de trabalho. Com as ferramentas e com o apoio da MicroStrategy conseguiremos capacitar um bom volume de mão-de-obra altamente qualificada para um mercado que vem crescendo muito nos últimos anos. Essa é uma parceria na qual todos ganham, pois além dos alunos e da FIAP, a MicroStrategy e o mercado como um todo poderão contar com mais profissionais capacitados a utilizar as ferramentas tecnológicas e qualificados para resolver problemas em BI”, ressalta.

Nesse projeto, as universidades, em conjunto com a MicroStrategy, podem montar ou aprimorar os cursos de BI que oferecem e ensinar os estudantes sobre o tema de um modo tangível, proporcionando a experiência prática que poderá ser aplicada diretamente no ambiente de trabalho. Incorporando o software da MicroStrategy no currículo de BI, os estudantes podem aprender habilidades valiosas, como elaboração de relatórios de BI, realização de análise de dados e monitoramento de métricas de negócio.

As empresas querem contratar profissionaisque tenham conhecimento sobre os fundamentos de BI e que compreendam as ferramentas modernas que são utilizadas pelas empresas. A possibilidade de ensinar Business Intelligence usando o software da MicroStrategy significa proporcionar experiências práticas e do mundo real do BI para os alunos”, comenta Bárbara Wixom, Professora e Diretora MSMIT da Universidade da Virginia.

A MicroStrategy tem disponibilizado seu software para a Universidade Teradata Network (TUN) por  mais de cinco anos. O TUN é um portal que oferece gratuitamente cursos web para profissionais e estudantes de data warehousing e Business Intelligence de universidades do mundo inteiro. Hugh Watson, conselheiro sênior da TUN e professor de MIS na Universidade da Geórgia declara “Utilizei MicroStrategy no meu curso de graduação de Decision Support Systems (DSS). Foi muito fácil incluí-lo na programação do curso e os alunos o adoram.”

“A MicroStrategy é um excelente recurso para os instrutores o utilizarem como  treinamento prático em BI”, declarou o COO da MicroStrategy, Sanju Bansal. “Existe alta demanda por profissionais de BI e os estudantes treinados com o software da MicroStrategy ganharão uma experiência valiosa que será  aplicada em suas carreiras”.

Para mais informações sobre recursos de ensino do BI da MicroStrategy para universidades, ligue para (11) 3044-4811, Departamento de Marketing
, ou visite o site www.microstrategy.com.br.

 

Área de consultoria da MicroStrategy 

dobra equipe em um ano e cresce 250% em receita 

 

 Com novo diretor e direcionamento estratégico, objetivo da empresa é continuar investindo na estruturação da equipe, que hoje conta com 32 pessoas, e no conceito de governança em BI.

 
São Paulo, 28 de novembro de 2008
- Utilizando o conceito de BI de ponta a ponta, a unidade MicroStrategy Consulting, que responde por todos os serviços de consultoria aos clientes da MicroStrategy no Brasil, incluindo consultoria e treinamento, apresentou um excelente desempenho em 2008. Do segundo trimestre de 2007 até o mesmo período de 2008, esta unidade cresceu cerca de 250% em receita. O fato é creditado ao novo direcionamento estratégico e expansão da atuação, iniciados a partir de março de 2007, de acordo com Fabrício Oliveira, Diretor de Serviços da empresa.

 
Embora a unidade MicroStrategy Consulting existisse já há algum tempo, o seu foco era prioritariamente a prestação de serviços relacionados à solução de problemas e atuação em projetos específicos. Desde o ano passado, no entanto, a ênfase se dá no acompanhamento do projeto de ponta a ponta. Os consultores da MicroStrategy, hoje, atuam desde o levantamento de requisitos, definição dos indicadores para cada empresa, modelo de dados para atender as necessidades dos projetos, desenvolvimento de processos de ETL para carregar modelos,  até a transformação de todos os dados em relatórios MicroStrategy.

 
A unidade MicroStrategy Consulting está alinhada com o padrão global de consultoria da corporação, mas apresenta  adequações necessárias para as questões nacionais. Entre as suas atribuições estão, além da consultoria focada na ferramenta MicroStrategy, uma consultoria mais estratégica, denominada Governança em BI. “Esse programa, que é proprietário da MicroStrategy, ajuda a empresa a se estruturar para receber uma ferramenta de BI ou a melhorar a sua maturidade na utilização de uma solução. O modelo de governança em BI é diferente do modelo de governança em TI e é bastante particular. Ou seja, ao contrário de um programa de governança em TI, que aplica à maioria das corporações processos similares e padrões no mercado, não existe um modelo pronto. O trabalho é estruturado de acordo com a nossa metodologia e adaptado com as necessidades de cada empresa”, explica o executivo.

 
“Anteriormente, vendíamos o software e serviços pontuais. Os parceiros prestavam serviços de implementação. No entanto, percebemos que nos aproximando mais do cliente, teríamos uma melhor estratégia para crescimento e utilização do nosso software. Preparamos nosso time para atender a essa nova demanda, estruturando um programa de treinamento e reciclagem para que os consultores tivessem todo o conhecimento necessário. A equipe de consultoria dobrou de tamanho desde março de 2007, quando assumi a diretoria de serviços e a área de consultoria, contabilizando hoje 32 pessoas. O mercado tem sido bastante receptivo a esse modelo e a demanda bastante alta”, explica Oliveira.

 
As próximas ações para a área incluem, ainda de acordo com Oliveira, aumentar em cerca de 45% a equipe nos próximos 12 meses, investir em maior capacitação dos trainees e consultores, além de melhora na estrutura da equipe de consultoria do Rio de Janeiro para o atendimento no estado e em Brasília. Também faz parte dos planos da empresa firmar parcerias com universidades para que o software de business intelligence da MicroStrategy seja a ferramenta utilizada nos cursos de pós graduação que elas ministram.

MicroStrategy aprimora integração com SAP BI para possibilitar maior rapidez no tempo de desenvolvimento de aplicações de Business Intelligence

 

São Paulo, 10 de novembro de 2008 – A MicroStrategy Incorporated (NASDAQ: MSTR), fornecedor líder mundial de software de business intelligence (BI), anunciou que a última versão do software MicroStrategy 8, já disponível, oferece uma integração ainda maior com o SAP BI, ajudando as organizações a obterem maior rapidez no tempo de desenvolvimento de suas aplicações de BI.

Com essa nova versão, as empresas poderão alavancar os investimentos já realizados em SAP, ganhando melhor capacidade para criar, publicar, administrar e manter os seus relatórios SAP. A plataforma agora oferece funcionalidades aprimoradas para a reutilização dos objetos de SAP BI, capazes de acelerar o desenvolvimento de relatórios SAP, com alta qualidade e redução de tempo. A MicroStrategy está comprometida em continuar intensificando a sua integração com a SAP,  tendo recentemente renovado a sua certificação SAP Certified Integration.

Os dashboards e relatórios MicroStrategy podem integrar dados do SAP BI com os dados Non-SAP, provendo mais informações e melhores insights sobre a performance corporativa utilizando todos os investimentos realizados para geração de informação. A plataforma da MicroStrategy gera sintaxes otimizadas em MDX, totalmente certificadas ao SAP BI, utilizando interfaces BAPI da SAP de alta performance .

A MicroStrategy utiliza modelos multidimencionais implícitos no SAP InfoCubes e no QueryCubes, permitindo que os seus usuários analisem, investiguem e aprofundem as suas pesquisas em  qualquer ponto dentro do SAP BI, obtendo assim mais dados, sem necessidade de prévia programação ou prévia estruturação de caminhos de  “drill” . 

“As empresas podem agora aplicar todo o poder analítico da plataforma de BI Microstrategy 8 às informações de negócios contidas no SAP BI “,  afirmou Sanju Bansal, COO da Microstrategy. “Uma vez que a MicroStrategy reutiliza as informações já contidas no SAP BI, o tempo de desenvolvimento de relatórios é acelerado, possibilitando ganhos em qualidade e em tempo de desenvolvimento.



  

MicroStrategy apresenta novas soluções de BI associadas a dispositivos móveis na 13ª Conferência Anual do Gartner

 

São Paulo, 15 de setembro – A MicroStrategy, fornecedor líder de software de business intelligence,  participa da 13ª Conferência Anual do Futuro da TI – A justificativa econômica da TI,  evento promovido pelo Gartner que acontece em São Paulo, de 16 a 18 de setembro. A companhia é patrocinador platinum e demonstrará na área de exposições as suas soluções que possibilitam a distribuição de informações em dispositivos móveis como Blackberry® e iPhone. Além disso, Flávio Bolieiro, VP para América da Latina da MicroStrategy, abordará o tema mobilidade em sua palestra, no dia 16, às 15h, intitulada “Conheça o Business Intelligence (BI) da forma como você nunca viu”  e em seguida, às 15h40, serão apresentados cases de sucessos de clientes MicroStrategy.

“Na era da mobilidade, requisitos como análises e emissão de relatórios já não são o suficiente. Cada vez mais os executivos e as equipes de vendas demandam acesso imediato e interação com informações do BI em dispositivos móveis, para o gerenciamento de performance e tomada de decisão em tempo real”, afirma Bolieiro.

Um dos cases a ser apresentado é o da empresa canadense Nygard, que atua há 40 anos no segmento de moda feminina, é usuária do sistema de BI da MicroStrategy desde 2000 e  disponibiliza informações necessárias para a tomada de decisões operacionais para mais de 140 usuários de aparelhos de Blackberry  que atuam em campo.  “Estes usuários deixaram de ter de esperar pela geração e impressão de relatórios antes de irem a reuniões externas. A empresa obteve um ROI imediato com a queda nas impressões e ganho de tempo produtivo; e a solução ajudou a tornar real a visão da Nygard sobre força de trabalho móvel”, ressalta Bolieiro.

O MicroStrategy Móbile é o sistema que disponibiliza as informações contidas no BI diretamente para os aparelhos móveis smartphones BlackBerry e iPhone. Com a solução, os usuários de negócios têm acesso aos mesmos relatórios operacionais detalhados que estão disponíveis em desktop, mapas e gráficos de negócios, assim como dashboards amigáveis caracterizando os principais indicadores de perfomance (key perfomance indicators- KPIs), sem necessidade de nova formatação ou realimentação dos dados, podendo tomar decisões de negócios com mais agilidade. Esta solução ainda permite que os relatórios, mesmo os mais extensos, sejam visualizados com a mesma precisão, mas em tamanho reduzido, compatível com a tela compacta dos aparelhos. Os usuários do iPhone, com a interface touchscreen podem interagir com os relatórios e dashboards da MicroStrategy de forma intuitiva, girando a tela, filtrando, fazendo simulações, para obter mais insights.

 A Conferência Anual do Gartner é o único evento no Brasil que apresenta uma visão concisa das tendências mais importantes em TI que afetarão as empresas nos próximos cinco anos. Uma equipe internacional de Analistas do Gartner fornecerá as mais recentes pesquisas, análises e práticas. 


Visão única e agilidade na tomada de decisão
são conquistas do IBGE com BI da MicroStrategy

 

Solução de business intelligence, inicialmente implementada nas áreas orçamentária, pessoal e de infra-estrutura, trouxe mais transparência e qualidade a gestão do Instituto.


São Paulo, 01 de setembro de 2008 - Agilizar a tomada de decisão, dar transparência e aumentar a qualidade da gestão. Esses foram os principais objetivos do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ao investir em uma plataforma de business intelligence (BI) da MicroStrategy, no segundo semestre de 2007. De acordo com Sérgio Côrtes, Executive Director do instituto, a criação desse ambiente informacional está diretamente ligada ao programa de qualidade da gestão institucional. O IBGE buscava uma solução que permitisse uma visão única das diferentes informações da gestão, provenientes de sistemas governamentais e corporativos. O principal diferencial percebido com a utilização do BI foi a possibilidade de visualização, por meio de relatórios e gráficos, de informações essenciais, que já imprimiram a agilidade desejada no processo decisório.  Além disso, o instituto ganhou maior confiabilidade nos dados e transparência no trabalho realizado pela área administrativa. Subordinado ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o IBGE é o principal provedor de dados e informações do país, atendendo às necessidades dos mais diversos segmentos da sociedade civil, bem como dos órgãos das esferas governamentais federal, estadual e municipal. 

Francisco J. Pereira, Systems Integrator do IBGE, explica que antes da implementação da plataforma MicroStratregy, embora o acesso fosse rápido, os relatórios eram pré-definidos e disponibilizados em formato PDF, o que dificultava o manuseio dos dados e não permitia nenhum tipo de análise. Além disso, as informações eram obtidas diretamente no Banco de Dados dos sistemas transacionais, causando um impacto negativo na sua performance. Os sistemas governamentais do IBGE reúnem informações sobre a execução orçamentária e financeira (Sistema de Administração Financeira - SIAFI), despesas com diárias e passagens (Sistema de Concessão de Diárias e Passagens – SCDP) e também de pessoal (Sistema de Administração de Pessoal - SIAPE). Já os sistemas corporativos disponibilizam dados relacionados à infra-estrutura, como por exemplo, contratos realizados pela instituição com fornecedores e locadores de imóveis, controle de consumo e utilização de veículos.

Inicialmente a plataforma de BI foi implementada nas áreas orçamentária, pessoal e infra-estrutura. Segundo Pereira, cada uma dessas áreas utiliza as informações disponibilizadas conforme a área de atuação, ou seja, a Coordenação de Recursos Humanos trabalha com as informações de pessoal, a Coordenação de Recursos Materiais com as informações de infra-estrutura, e assim por diante. No caso da execução orçamentária e financeira, as análises permitem a observação dos valores planejados que serão utilizados durante um período de tempo, quanto foi efetivamente empenhado e quanto já foi pago, tendo inclusive informações do crédito ainda disponível. Na área de pessoal, é possível observar a distribuição espacial do quadro de servidores da instituição nas mais de 500 agências em todo o Brasil, além de aspectos relevantes, como por exemplo, faixa etária, distribuição salarial no plano de carreira, entre outros.

Outros fornecedores foram avaliados, mas a superioridade dos recursos técnicos e visuais, incluindo gráficos e dashboards altamente atrativos e intuitivos, fizeram com que o IBGE optasse pela plataforma da MicroStrategy. “A partir dos modelos desenvolvidos e dos recursos oferecidos pela ferramenta, é possível acessar, em um único sistema, as informações provenientes tanto dos sistemas da instituição como dos sistemas governamentais. Além disso, trabalhamos agora com um Data Warehouse com perfil administrativo. Os relatórios são dinâmicos, permitindo diversos cruzamentos e simulações de acordo com as  necessidades específicas de cada uma das áreas e usuários. Os benefícios foram significativos para as áreas gestoras, que dependem muito das informações geradas por estes sistemas. O acompanhamento dos dados passou a ser fundamental para a negociação do orçamento, por exemplo. Com o BI, é possível saber quanto foi gasto em outros anos e comparar estes valores para saber quais serão os recursos necessários para o próximo ano, entre outras análises agilmente obtidas”, ressalta o gerente.

O IBGE irá disseminar nos próximos meses a utilização da plataforma MicroStrategy para outras áreas, inclusive nas operações censitárias. A idéia é iniciar um projeto-piloto para o acompanhamento das operações, para que já no próximo Censo, a ferramenta seja amplamente utilizada pelos gerentes. Atualmente apenas os diretores e chefes das Unidades Estaduais da instituição têm acesso, mas o objetivo é ampliar o número de usuários de acordo com a disponibilidade de recursos para aquisição de novas licenças. O projeto teve início com poucas licenças, porém a idéia é dobrar este número em 2008“, finaliza.



MicroStrategy Brasil promove evento para grupo de usuários

 

Os principais temas discutidos durante a 6ª edição do evento serão o acesso á inforrmação e relatórios de business intelligence por meio de dispositivos móveis e as novas soluções que garantem integridade e validação dos dados.

 

São Paulo, 27 de agosto – A MicroStrategy Brasil., fornecedor líder no mercado de BI, realiza no próximo dia 28 em São Paulo, capital, a 6ª edição de seu Encontro de Grupo de Usuários, evento que reunirá cerca de 100 usuários representando mais de 80 empresas que possuem a solução de BI da MicroStrategy. O principal objetivo do evento é ser um fórum de discussão de usos e aplicações da plataforma de BI da MicroStrategy, além de oportunidade única para a troca de idéias sobre novas tecnologias e produtos. Este ano, terão destaque os temas “Distribuição da informação através de dispositivos móveis” e “Assegurando a integridade de dados e relatórios em um ambiente de Business Intelligence”.

Como cada vez mais os executivos demandam acesso imediato e interação com informações relevantes provenientes dos sistemas de business intelligence de forma segura, personalizada e offline em seus aparelhos Blackberryâ e iPhone, Tiago Sanchez, engenheiro de pré-vendas da MicroStrategy, irá mostrar como disponibilizar informações críticas diretamente nestes dispositivos móveis, utilizando os relatórios já existentes. É importante salientar que a versão do software MicroStrategy 8™, obtém o máximo proveito da mais recente tecnologia Web 2.0 para prover uma rica interface de aplicação entre o iPhone e a plataforma de BI da  MicroStrategy.

Além disso, levando em conta a grande preocupação com o fato de que a integridade dos relatórios deve ser verificada após alterações no sistema, será discutido também como a checagem de dados pode ser realizada através da emissão automática de relatórios para a confirmação de que dados no data wharehouse foram modificados. A solução  MicroStrategy Integrity Manager testa a exatidão de aplicativos BI, validando a integridade de dados e relatórios e examina automaticamente em todo o sistema se as análises estão baseadas em informações confiáveis. 



Energisa escolhe BI da MicroStrategy

 

O amplo projeto de business intelligence deverá estar concluído até dezembro e atenderá as cinco distribuidoras da concessionária de energia.Além de auxiliar no processo de tomada de decisão, o BI deve contribuir para melhorar a relação custo x benefício dos investimentos e despesas na prevenção e combate às perdas não técnicas.

São Paulo, 29 de julho - O Grupo Energisa adquiriu uma solução completa de business intelligence da MicroStrategy, implementação que deverá estar finalizada até dezembro deste ano. Importantes características funcionais da plataforma de BI da MicroStrategy, como Ad Hoc Query, Reports, Dashboards, OLAP, Predictive Modeling e Metadata, atenderam  todos os requisitos exigidos pela Energisa em sua RFP(Request for proposal). O pacote que está sendo fornecido inclui os produtos Microstrategy Architect, Microstrategy BI Developer, Microstrategy Professional Report Olap Client e MicroStrategy Web Report Client (Reporting Bundle).

 
“Nosso principal objetivo ao optarmos por uma solução de BI é podermos contar com uma ferramenta de exploração e análise capaz de suportar as necessidades do Centro de inteligência de combate às perdas não técnicas (CICOP) do Grupo”, diz Francisco Setúbal, gerente do departamento de sistemas responsável pelo suporte ao Business Intelligence da Energisa e  subordinado à Diretoria de Tecnologia de Informação do Grupo Energisa. O projeto de BI, iniciado em fevereiro, atingirá as cinco distribuidoras do grupo, três delas localizadas na região Nordeste (Energisa Sergipe, Energisa Paraíba e Energisa Borborema), uma na Zona da Mata de Minas Gerais (Energisa Minas Gerais) e uma em Nova Friburgo, no Estado do Rio de Janeiro (Energisa Nova Friburgo), e que respondem pelo atendimento de 6,5 milhões de habitantes em 352 municípios.

 
Setúbal ressalta que, inicialmente, a solução da MicroStrategy irá s
ubsidiar o processo de tomada de decisão do CICOP. Com isso, será possível melhorar a relação de custo X benefício dos investimentos e despesas na prevenção e combate às perdas não técnicas.  Estarão disponíveis informações sobre os 2,1 milhões de consumidores, unidades consumidoras, faturamento, perdas elétricas, inspeções,  regularizações,  entre outras, que serão enviadas para usuários dos níveis estratégico, tático e operacional.

“Esperamos migrar em breve os esforços de extração e validação dos dados para o de análise de informações. A expectativa é obtermos no mínimo 6% de ganho de produtividade nas atividades de combate às perdas. No entanto, embora a prioridade nesse momento seja consolidar a arquitetura da solução que está sendo construída, existem diversos estudos e planos futuros em andamento para a ampliação da utilização da MicroStrategy dentro da Energisa”, finaliza o executivo.

Estender o acesso às informações a todos usuários e adotar o Pervasive BI são os próximos passos das Lojas Marisa

 

A rede varejista é uma das pioneiras no Brasil a tornar a aplicação do BI disponível nos mais variados níveis e etapas dos processos.  A ampla disponibilização da solução MicroStrategy permitiu um maior conhecimento do negócio e da performance de cada uma das áreas, inclusive dos mais de 200 pontos- de- venda espalhados por todo o território nacional.  Entre os planos futuros estão agregar valor à ferramenta por meio da sua associação com iniciativas de RFID.

 São Paulo, 22 de julho - Com uma história de 12 anos de utilização da solução de business intelligence (BI) da MicroStrategy, as Lojas Marisa, maior rede de lojas especializadas em moda e moda íntima feminina, é um bom exemplo de que a análise detalhada e com qualidade das informações é capaz de alavancar vendas, impactando positivamente o negócio de uma companhia. A empresa é uma das pioneiras a caminhar para a evolução natural do business intelligence, o Pervasive BI, tornando a aplicação do BI disponível nos mais variados níveis e etapas dos processos, desde o mais estratégico até a linha de frente, permitindo a identificação de novas oportunidades de negócios.

Wagner Oliveira, da área de inovação e suporte ao negócio das Lojas Marisa, afirma que atualmente a rede de lojas encontra-se em um estágio bastante maduro em relação à utilização da plataforma de BI da MicroStrategy. A última área a ter as suas informações incorporadas ao BI foi a de telecomunicações, em 2007, no entanto, a solução da MicroStrategy vem sendo utilizada também nos departamentos contábil, comercial, prevenção de perdas, financeiro, vendas, marketing,  logística e no administrativo do cartão Marisa (responsável por outras áreas como cobrança, crédito, fraude e call center).

Graças à ampla aplicação do BI e à integração dos departamentos, informações gerenciais, relacionadas ao perfil e comportamento de compras do consumidor, gestão de categorias de produtos, envolvendo dados de pedidos, notas, estoques, etc, estão disponíveis e podem ser analisadas pelos usuários de toda a rede.  Com base nos indicadores gerados, também é possível programar ações que resultem em aumento direto no volume de vendas. Além disso, alertas via e-mail, smarthpones e nos pontos-de-venda (PDV) são disponibilizados pela ferramenta Narrowcast Server, ajudando a diminuir o risco operacional, avisando, por exemplo que determinado caixa estaria com quantidade de dinheiro superior ao necessário

Esse cenário trouxe para as Lojas Marisa e seus clientes internos mais agilidade na tomada de decisão e um maior conhecimento do negócio e da performance de cada uma das áreas, inclusive dos mais de 200 pontos-de-venda espalhados por todo território nacional. “O departamento de marketing descobriu, por exemplo, que os clientes de alto valor da empresa, ou seja, os mais rentáveis, demoravam a retornar às lojas depois de grandes investimentos. Com base no perfil de compra de cada um deles, foram elaboradas campanhas. A área de marketing define os critérios e o BI automaticamente disponibiliza para os responsáveis as informações necessárias sobre cada uma das pessoas que serão contatadas. Deste modo, de forma descentralizada, cada loja fica responsável por falar com os seus próprios clientes, o que resultou em um crescimento de retorno às lojas de cerca de 15%. Além disso, 83% destes clientes disseram que não teriam voltado imediatamente à loja se não tivessem recebido as ofertas de acordo com o seu perfil”, explica Oliveira.

A evolução do BI dentro da Marisa

 

Para atingir esse estágio de amadurecimento em que se encontra o BI, desde 1996, a área de TI das Lojas Marisa trabalha na construção de uma solução que permitisse a ampliação da sua utilização e que acompanhasse o crescimento da organização. Na primeira fase, segundo Oliveira, o objetivo era obter conhecimento do negócio por meio de dados detalhados e os desafios estavam ligados à diversidade de sistemas e fontes de informações, alto custo e tempo para obtenção dos mesmos, afinal as tarefas até então eram manuais e repetitivas. “Entre 2000 e 2001, iniciou-se uma fase de transformação, atualizando a tecnologia e ajustando a perfomance. Passamos a planejar a capacidade, projetar o volume de dados e treinar os usuários para que houvesse uma discussão dos conceitos dos indicadores de performance. A idéia era nortear as decisões e posicionar a companhia à frente da concorrência”, comenta.

Já a partir de 2002 e até o final de 2007, a aplicação do BI passou a ser mais estratégica. O volume de informações havia aumentado e a companhia estava mudando o seu foco de negócio. Foi nesse momento que novos departamentos foram incorporados e surgiram as iniciativas de análise de clientes. “Os usuários começaram a demandar mais aplicações e o BI passou a ser utilizado na gestão e controle dos negócios, interação com o cliente e para identificar novas oportunidades de vendas. A gestão de demanda foi bastante importante para manter o foco dos trabalhos e dar subsídio para um crescimento paulatino”, finaliza.

Como a idéia é cada vez mais estender o acesso das informações para outros usuários e efetivar a adoção do conceito de Pervasive BI, entre os planos futuros, já a partir deste ano até 2010,está agregar valor à solução de BI da MicroStrategy por meio da sua associação com as iniciativas de Radio Frequency Identification (RFID). Além de maior eficiência operacional, será possível conhecer informações detalhadas das várias atividades e processos que ocorrem durante a movimentação de cada um dos produtos, desde o centro de distribuição até internamente nas lojas. Questões como tempo que permaneceu na prateleira e quantas vezes determinado artigo foi enviado ao provador, poderão ser respondidas. Os objetivos a serem atingidos são a avaliação de informações estratégicas em tempo real e administrar eficientemente os processos de qualidade.

Sobre a MicroStrategy

Fundada em 1989, a MicroStrategy é líder global em tecnologia de business intelligence (BI). A MicroStrategy disponibiliza software para relatórios integrados, análises e monitoramento, que auxiliam as organizações líderes de todo o mundo a tomarem melhores decisões de negócios, todos os dias. A escolha pela tecnologia MicroStrategy se dá por suas habilidades técnicas avançadas, capacidade de análise sofisticada e superior escalabilidade de dados e de usuários. Mais informações sobre a MicroStrategy Inc. (Nasdaq: MSTR) estão disponíveis no web site www.microstrategy.com.

MicroStrategy e MicroStrategy Business Intelligence são marcas registradas da MicroStrategy Incorporated nos Estados Unidos e em diversos países. Outros nomes de produtos e companhias mencionados aqui podem ser marcas registradas de seus respectivos proprietários.